in

Ataque a creche: irmão chora de saudade e pai desabafa; ‘só queria meu neném de volta’

Maurício Massing lamentou a morte do filho, Murilo, de apenas 1 ano e 9 meses.

Reprodução Record TV

Murilo Massing, de apenas um 1 ano e 9 meses, está entre as vítimas fatais do ataque ocorrido em creche da cidade de Saudades, oeste de Santa Catarina, na última terça-feira (4). O menino não resistiu aos ferimentos causados por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, que invadiu o local usando duas facas.

Publicidade

Murilo, mais duas crianças, uma professora e uma agente educativa morreram. Fabiano está internado no Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, para onde foi levado após o ocorrido. Ele deve ter alta nos próximos dias e será preso. O assassino foi autuado por cinco homicídios triplamente qualificados, além de uma tentativa de homicídio.

Ao Domingo Espetacular, da Record TV, a família de Murilo mostrou-se muita abalada com toda situação e com a morte precoce do bebê que completaria dois anos. Arthur Massing, 7 de anos, irmão de Murilo, era o parceiro de bagunça do pequeno.

Publicidade

“Quando estava de dia a gente não brincava, de noite a gente ficava correndo pra lá e pra cá, pulava no colchão, rolava”, recordou o menino que sente saudades do irmão mais novo. Kerli Silva, mãe dos dois, afirmou que só está firme por causa do outro filho. 

Publicidade

O pai, Maurício Massing, a exemplo da esposa e do filho, chorou durante a entrevista. “Eu só penso em meu filho. Eu só quero meu neném de volta”, desabafou. Murilo chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com peritos do IML, cada uma das vítimas recebeu ao menos cinco golpes de facão. Uma criança atacada sobreviveu e já recebeu alta hospitalar.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!