in

Ataque a creche: irmão chora de saudade e pai desabafa; ‘só queria meu neném de volta’

Maurício Massing lamentou a morte do filho, Murilo, de apenas 1 ano e 9 meses.

Reprodução Record TV

Murilo Massing, de apenas um 1 ano e 9 meses, está entre as vítimas fatais do ataque ocorrido em creche da cidade de Saudades, oeste de Santa Catarina, na última terça-feira (4). O menino não resistiu aos ferimentos causados por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, que invadiu o local usando duas facas.

Publicidade

Murilo, mais duas crianças, uma professora e uma agente educativa morreram. Fabiano está internado no Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, para onde foi levado após o ocorrido. Ele deve ter alta nos próximos dias e será preso. O assassino foi autuado por cinco homicídios triplamente qualificados, além de uma tentativa de homicídio.

Ao Domingo Espetacular, da Record TV, a família de Murilo mostrou-se muita abalada com toda situação e com a morte precoce do bebê que completaria dois anos. Arthur Massing, 7 de anos, irmão de Murilo, era o parceiro de bagunça do pequeno.

Publicidade

“Quando estava de dia a gente não brincava, de noite a gente ficava correndo pra lá e pra cá, pulava no colchão, rolava”, recordou o menino que sente saudades do irmão mais novo. Kerli Silva, mãe dos dois, afirmou que só está firme por causa do outro filho. 

Publicidade

O pai, Maurício Massing, a exemplo da esposa e do filho, chorou durante a entrevista. “Eu só penso em meu filho. Eu só quero meu neném de volta”, desabafou. Murilo chegou a ser levado para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com peritos do IML, cada uma das vítimas recebeu ao menos cinco golpes de facão. Uma criança atacada sobreviveu e já recebeu alta hospitalar.

Publicidade

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!