in

Jovem que matou cinco em ataque a creche pode ser preso amanhã; assassino ficou em estado grave na UTI

Fabiano Kipper tentou tirar a própria vida após matar cinco vítimas em creche no interior de SC.

Reprodução - Globo

Responsável pelo ataque bárbaro na Escola Pró-Infantil Aquarela, no município de Saudades (SC), na última terça-feira (4), o jovem Fabiano Kipper Mai pode receber alta médica a partir de amanhã (11). A informação foi confirmada pelo portal UOL, que recebeu um boletim atualizado sobre o estado de saúde do adolescente.

Publicidade

Logo após praticar o crime brutal que chocou o país, Fabiano tentou ceifar a própria vida com a arma utilizada na chacina, mas foi contido por populares, e posteriormente levado em estado grave para o Hospital de Pinhalzinho. Diante do risco de invasão de populares para linchamento do assassino, o jovem foi levado para o Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó. 

“O paciente está com boa evolução clínica e cirúrgica, com provável critério de alta hospitalar a partir de amanhã”, informou o boletim obtido pelo UOL nesta manhã de segunda-feira (10). 

Publicidade

Com ferimentos no pescoço, tórax e abdômen, Fabiano foi socorrido em estado grave. No HRO, ele foi submetido a um procedimento cirúrgico, e apresentou sucessivas evoluções no quadro clínico.

Publicidade

Será preso 

Sob custódia da polícia, o adolescente de 18 anos será detido logo após receber alta médica em Chapecó. O primeiro passo dele fora do hospital será depor na delegacia, e na sequência será encaminhado para uma penitenciária. Autuado por cinco homicídios, ele já teve a prisão preventiva decretada na última semana.

Publicidade

Os investigadores estão sob posse do computador apreendido na residência do jovem, que será importante na apuração do inquérito. As motivações para o crime bárbaro ainda não desconhecidas. Segundo o delegado Jerônimo Marçal, responsável pelo caso, os indícios levam a crer que Fabiano agiu sozinho no crime.

Publicidade
Publicidade
Publicidade