in

Vídeo: foguete chinês desgovernado que deve cair na Terra é visto no céu catarinense

O foguete sem controle deve cair na Terra neste final de semana e não se sabe o local exato da queda.

G1

O foguete da China que está desgovernado em direção ao planeta Terra tem previsão de cair neste fim de semana. Inclusive, o foguete chinês foi visto no céu de Santa Catarina. A estação que fica em Monte Castelo, localizada na região norte do estado, flagrou por meio de uma câmera de monitoramento imagens do objeto.

Publicidade

De acordo com a informação do diretor técnico da Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros, Marcelo Zurita, o foguete sem controle foi observado entre quinta-feira, 6 de maio e este sábado (8) em outros estados brasileiros, entre eles Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul, além do estado de Santa Catarina.

“A gente tem certeza que é o foguete. Primeiro que já era para passar pela posição e horário que passou e dá para ver nas imagens uma variação de brilho. Essa variação de brilho vem sendo observada e é partir dela que ficou claro que estava fora de controle. Quando está girando é porque não está estável em órbita”, explicou Zurita.

Publicidade

O registro foi realizado pela estação do astrônomo amador Jocimar Justino que reside na cidade de Monte Castelo. Ele explicou que por causa da altitude do objeto, ele ainda recebia luz direta do sol naquele momento. O reflexo que se vê é o sol refletido no foguete como se fosse uma espécie de espelho girando, explicou.

Publicidade

Publicidade

Conforme Zurita, o registro realizado em Santa Catarina é um dos melhores feitos do foguete até o momento. Com o objeto se aproximando cada vez mais próximo da Terra, ele vai ficar cada vez mais brilhante. O foguete da China foi colocado em órbita no dia 29 de abril. Ele tem perdido altitude de forma gradual e os especialistas no assunto não sabem definir qual vai ser o ponto exato de sua queda.

O governo chinês e vários especialistas no assunto consideram mínima a possibilidade de danos na Terra. Eles também descartam a possibilidade do objeto cair em áreas habitadas.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.