in

Mãe de bebê sobrevivente à chacina em creche desabafa: ‘Cortes nos lábios e gengivas, outro perto do pescoço’

Três crianças menores de 2 anos e duas funcionárias foram vítimas fatais do ataque brutal.

NSC | Crescer Globo | Montagem Ingrid Machado

Um jovem de 18 anos atacou uma creche em Saudades, Santa Catarina, na última terça-feira (4). O homem chegou ao local de bicicleta e matou três crianças menores de 2 anos e duas funcionárias a golpes de faca. De acordo com o polícia, o jovem tentou entrar em outras salas para atacar mais pessoas, porém, ao perceberem o ataque, professoras conseguiram trancar as portas de algumas salas.

Publicidade

Segundo informações da família, o jovem responsável pelo ataque era introspectivo, sofria bullying na escola, e andava maltratando animais. Após os assassinatos, o homem tentou tirar a própria vida, mas foi impedido por populares. Ele foi preso em flagrante e levado até um hospital, onde passou por cirurgias e segue em estado estável.

O bebê Henrique, de 1 ano e 8 meses, também estava na creche e foi ferido gravemente pelo homem. O bebê recebeu golpes de faca em vários locais do corpo, mas felizmente recebeu alta da UTI (Unidade de Terapia Intensiva). A mãe de Henrique, Adriana Martins, desabafou sobre a tragédia e afirmou que o fato de o filho ter sobrevivido se trata de um verdadeiro milagre.

Publicidade

Eu chorava, orava e agradecia a Deus por ele estar vivo. Henrique teve um corte perto do olho, que atingiu até o osso da face, cortes nos lábios e gengivas, outro perto do pescoço, que atingiu o pulmão, na barriga e mais alguns superficiais”, desabafou a mãe.

Publicidade

Adriana também lamentou a morte dos outros bebês e das duas funcionárias da creche. A mãe de Henrique afirmou estar aliviada em ter seu filho nos braços, mas se colocou no lugar das famílias que perderam seus entes queridos. A Justiça decretou a prisão preventiva do jovem responsável pelo ataque. Ele será levado a uma penitenciária assim que recebeu alta hospitalar.

Publicidade
Publicidade