in

Pai e quatro filhos morrem vítimas da Covid-19 em poucos dias; desabafo comove: ‘Difícil superar’

Outro filho de João Alci segue internado em terapia intensiva tratando a infecção.

NSC

A Covid-19 tem provocado um cenário devastador em milhares de famílias brasileiras nos últimos meses, com diversas perdas irreparáveis em um curto espaço de tempo em um mesmo grupo familiar. 

Publicidade

Em Itopuranga (SC), um caso gerou forte comoção. Cinco membros de uma mesma família morreram por complicações oriundas do coronavírus, em um intervalo de apenas 33 dias. Além do patriarca João Alci de Almeida, de 70 anos, outros quatro filhos deles perderam a luta para a Covid-19. A última vítima foi João Ércio de Almeida, de 43 anos.

Em entrevista ao portal UOL, a viúva de Ércio, Viviane Almeida, de 40 anos, externou o quanto tem sido difícil para os familiares superarem os duros golpes. Ela revela não saber como a Covid-19 chegou na sua família, uma vez que todos cumpriam os protocolos sanitários e de isolamento à risca. 

Publicidade

“É difícil de superar este momento doloroso para todos da família. Não sabemos como a gente se infectou porque nos cuidávamos, com álcool em gel, lavando sempre as mãos e usando máscara”, afirmou Viviane. 

Publicidade

Avassaladora 

A Covid-19 devastou a família Almeida rapidamente. A primeira vítima fatal da doença foi Maria Rosimara de Almeida Hellmann, de 34 anos, que morreu no dia 2 de abril. Oito dias depois, o irmão dela, Antônio de Almeida, de 50 anos, também não resistiu. Ele era técnico de enfermagem.

Publicidade

Aumentando ainda mais o sofrimento da família, Seu João Alci, de 70 anos, morreu no dia 24 de abril. Em um intervalo superior a pouco mais de uma semana, mais uma de suas filhas, Zelirde Almeida, de 45 anos, também morreu. Por fim, Ércio foi outra vítima fatal na família.

Um outro filho de João Alci, Joares Almeida, de 48 anos, ainda se encontra internado em terapia intensiva. Além deles, a esposa e matriarca da família, Cecília Almeida, de 69 anos, e Lucimara, sexta filha do casal, também foram infectadas pelo coronavírus, mas já venceram a doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade