in

Bebê sobrevivente do ataque a creche de Saudades recebe alta da UTI: ‘Um milagre estar vivo com tantos cortes’

A criança de apenas um ano e oito meses precisou ficar na UTI por conta da gravidade das lesões.

El Pais/Correio 24h/Montagem: Higor Mendes

O bebê de um ano e nove meses de idade que sobreviveu ao atentado ocorrido em uma creche de Saudades, em Santa Catarina, recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e agora segue sua recuperação em um leito clínico do Hospital da Criança, em Chapecó, também em Santa Catarina.

Publicidade

A assessoria de Imprensa da Associação Lenoir Vargas Ferreira, mantenedora do hospital onde a criança está internada, divulgou a informação ao final da tarde da última quarta-feira (5).

A criança precisou ser submetida a um procedimento cirúrgico após ser ferida por golpes de faca durante o atentado contra a creche Pró Infância Aquarela, em Saudades, SC.

Publicidade

“Apesar de tudo, em nenhum momento, eu pensei que iria perdê-lo. Confiei muito em Deus! Sabia que Deus estava junto dele, pois ele já era um milagre apenas por estar vivo com tantos cortes”, disse a mãe.

Publicidade

Segundo informações divulgadas pelo próprio pai, a criança deu entrada no hospital com cortes na bochecha, nos lábios e na barriga, além de apresentar uma perfuração no pulmão, precisando ser submetida a uma drenagem no órgão do sistema respiratório. Por conta da seriedade das lesões e da cirurgia, o bebê seguia internado em UTI.

Publicidade

O crime ocorreu na última terça feira (4), por volta de 10h da manhã. O acusado, Fabiano Kipper Mai, de 18 anos de idade, invadiu a creche, que atende somente crianças menores de 2 anos, portando uma espada e desferiu golpes contra quatro bebês e duas funcionárias.

Cinco pessoas, sendo duas funcionárias e três bebês, morreram e um quarto bebê ficou ferido. As vítimas são: Keli Adriane Aniecevski, 30, professora na creche; Mirla Renner, 20, agente educacional; Sarah Luiza Mahle Sehn, de um ano e sete meses; Murilo Massing, de um ano e nove meses; e Anna Bela Fernandes de Barros, de um ano e 8 meses.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.