in

Ataque em SC: polícia não descarta participação de outras pessoas no crime

Delegado falou sobre o ataque à creche na cidade de Saudades que deixou 5 mortos.

G1

A Polícia Civil de Santa Catarina segue investigando o ataque ocorrido à creche da cidade de Saudades, oeste do estado, na terça-feira. Cinco pessoas morreram no ataque realizado por Fabiano Kipper Mai, de 18 anos. Ele matou três crianças menores de dois anos, uma professora e uma agente educativa.

Publicidade

O crime chocou Saudades e todo o Brasil. A pacata cidade com menos de 10 mil habitantes quase não tem índice de criminalidade. A polícia não sabia, por exemplo, quando ocorreu o último roubo na cidade do oeste catarinense, localizada a 60 quilômetros de Chapecó e a 600 de Florianópolis.

O delegado responsável por investigar o caso é Jerônimo Marçal. Na madrugada seguinte ao crime, o delegado contou que não conseguiu dormir e voltou ao trabalho na delegacia por volta das 4h. Marçal afirmou que os equipamentos eletrônicos apreendidos na casa de Fabiano Kipper Mai serão analisados.

Publicidade

Houve participação de terceiros no crime?

O delegado Jerônimo Marçal não acredita que houve participação de outra pessoa no ataque à creche, mas não descarta totalmente a hipótese. Para isso, os equipamentos serão analisados e tudo o que for encontrado vai ajudar nas investigações.

Publicidade

“A gente vai começar a análise dos equipamentos eletrônicos e podem haver algum indício de participação de terceiro, embora acredito que não existam”, disse Marçal. Fabiano Kipper Mai foi autuado por homicídio triplamente qualificado e pode pegar até 150 anos de detenção. A pena para cada homicídio pode chegar a 30 anos. Os agravantes são: motivo torpe, meio cruel e sem chance de defesa para a vítima.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!