in

Vídeo: rapaz que matou crianças e professoras em escola é hostilizado na chegada a hospital

Fabiano Kipper Mai chegou em estado grave e foi hostilizado por populares

G1 / SCC 10

Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, foi o autor do ataque à creche de Saudades, no oeste de Santa Catarina, na manhã de terça-feira (4). O rapaz invadiu a creche armado com facas e matou cinco pessoas no local- uma professora, uma agente educacional e três crianças menores de dois anos.

Publicidade

O caso repercutiu em todo o Brasil. O rapaz chegou à escola de educação infantil por volta das 10h, de bicicleta, e iniciou os ataques. A professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos, foi a primeira vítima do agressor. A agente educacional Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, também foi esfaqueada.

As crianças Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses; e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses foram agredidas por Fabiano Mai e também não resistiram. O rapaz tentou tirar a própria vida, mas não conseguiu.

Publicidade

Fabiano Mai é hostilizado ao chegar a hospital

O suspeito teria sido impedido por outras pessoas de tirar a própria vida. Socorrido, ele foi levado ao hospital de Pinhalzinho – em Saudades, cidade com menos de 10 mil habitantes, não tem hospital. Havia medo de que o local fosse invadido e Fabiano Mai foi transferido para Chapecó.

Publicidade

Na chegada ao Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, o suspeito foi hostilizado. Ele estava na maca, em estado grave e populares na porta do local. Fabiano Mai foi chamado de monstro, covarde e xingado com palavrões. O vídeo acima, com 10 segundos, mostra este momento de tensão. Fabiano Mai está intubado e na unidade de terapia intensiva (UTI) do hospital.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!