in

Ataque em SC: último adeus às vítimas será em velório coletivo em ginásio de Saudades

Duas professoras e três crianças menores de dois anos morreram no ataque feito por Fabiano Mai, de 18 anos.

G1

Cinco pessoas morreram no ataque a uma creche da cidade de Saudades, localizada no oeste de Santa Catarina, na manhã desta terça-feira (4). Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, invadiu a escola de educação infantil armado com duas facas e fez cinco vítimas fatais.

Publicidade

A primeira a ser atacada foi a professora Keli Adriane Aniecevski, de 30 anos. Ela correu até uma das salas. O suspeito foi atrás e atacou algumas crianças. Sarah Luiza Mahle Sehn, de 1 ano e 7 meses, Murilo Massing, de 1 ano e 9 meses, e Anna Bela Fernandes de Barros, de 1 ano e 8 meses, morreram.

A agente educacional Mirla Amanda Renner Costa, de 20 anos, também foi atacada e não resistiu aos ferimentos. O suspeito tentou tirar a própria vida, mas foi impedido. Ele foi levado a hospital de Pinhalzinho e, depois, foi transferido para Chapecó, principal cidade do oeste do estado.

Publicidade

Velório coletivo na cidade de Saudades

A cidade de Saudades tem menos de 10 mil habitantes e não está acostumada à rotina de violência. Isso torna o caso ainda mais terrível. Nesta quarta-feira, os corpos das vítimas deve ser velado no ginásio Teobaldo Hermes, que é usado como arena de exposições.

Publicidade

Os corpos das vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Chapecó. Um micro-ônibus levou familiares ao local para reconhecer as vítimas. Os corpos seriam liberados às 21h de ontem. O velório deve movimentar a saudade que chora a morte de seus filhos. Em frente à creche, pessoas fizeram homenagens às vítimas. Não foi informado horário do enterro.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!