in

Suspeito de ataque bárbaro em escola de SC era quieto e sofria bullying, diz polícia; estado de saúde é grave

Jovem entrou na escola de ensino infantil armado com um facão e desferiu golpes contra várias vítimas.

Divulgação NSC

Um ataque bárbaro provocado por um jovem de 18 anos em uma escola infantil na cidade de Saudades, em Santa Catarina, deixou o país comovido nesta terça-feira (4). Armado com um facão, o adolescente invadiu a unidade escolar e matou cinco pessoas – sendo três crianças e duas funcionárias do local de ensino. Logo na sequência, ele tentou tirar a própria vida.

Publicidade

De acordo com investigações iniciais da Polícia Civil, o suspeito pelo ataque, identificado como Fabiano Kipper Mai, tinha o perfil de um jovem reservado e que vinha sofrendo com bullying na escola. A apuração das autoridades afirma que ele vinha maltratando animais e não queria ir mais à escola, onde cursava o ensino médio.

“A gente já tem algumas informações que conseguiu colher no dia de hoje, que dão mais ou menos um perfil, ainda incipiente, mas de um rapaz problemático. [O jovem] vinha enfrentando bullying na escola, vinha maltratando alguns animais, [era] muito introspectivo”, afirmou o delegado Jerônimo Marçal, responsável pela investigação do caso. 

Publicidade

Ainda segundo Marçal, Fabiano tem origem simples e vem de uma família humilde. O jovem trabalhava em uma empresa na cidade e, de acordo com familiares, guardava dinheiro em espécie na sua residência.

Publicidade

Internado

Logo após praticar o ataque bárbaro e levar pânico a todos que ocupavam a escola infantil nesta manhã, o adolescente tentou tirar a própria vida com o facão que ceifou a vida de cinco pessoas; contudo, após alguns golpes contra si, foi contido. 

Publicidade

Socorrido pelo Corpo de Bombeiros, o jovem foi levado para uma unidade hospitalar na cidade Pinhalzinho, e posteriormente foi transferido para outro hospital, tendo em vista o risco de invasão do local para linchamento do suspeito. O jovem está em estado grave e entubado.

Publicidade