in

Médico paulista afirma que Brasil terá até 500 mil mortos por Covid-19 até agosto

O médico, Marcos Boulos é membro do centro de contingência no estado de São Paulo.

Reprodução/Veja

O médico infectologista e membro do centro de contingência da Covid-19 no estado de São Paulo, Marcos Boulos afirmou que até o mês de agosto o Brasil poderá atingir a marca de 500 mil mortos pela Covid-19. Apesar da grande quantidade de óbitos, a marca pode ser atingida ainda antes caso o ritmo acelerado de infecções e óbitos continue. Marcos ainda afirmou que os resultados da campanha de vacinação devem ser enxergados a partir deste mês de maio.

Publicidade

O ritmo de vacinação no Brasil ainda se encontra lento e várias localidades no país estão interrompendo a imunização por falta de doses de vacinas principalmente da CoronaVac. O médico alertou que ainda não é hora de relaxar as medidas restritivas e criticou a atuação do governo federal e estaduais, pois os mesmos estão flexibilizando as restrições em um momento crítico. 

O Brasil vem vivendo o pior cenário da pandemia, o país já superou a marca dos 405 mil mortos pela Covid-19, mas alguns estados brasileiros vêm flexibilizando as medidas restritivas com o argumento de que a curva de infectados, internados e mortos está diminuindo paulatinamente. Outra justificativa dos governos estaduais e principalmente do governo federal, é de que é necessário a reabertura do comércio para o reaquecimento da economia brasileira que se encontra debilitada.

Publicidade

O médico Marcos Boulos critica essas medidas adotadas e disse que a tão esperada imunidade de rebanho somente será observada a partir do mês de outubro, com isso é necessário o total cuidado.

Publicidade

Marcos ainda declarou que o Brasil está caminhando no caminho contrário de países que conseguiram diminuir a curva de mortos como Portugal e Reino Unido. Nesses países o governo ordenou o fechamento de todos os serviços não essenciais por um mês, já no Brasil o governo federal não está interessado em tal medida. 

Publicidade
Publicidade