in

Além de Henry: Jairinho é denunciado por abuso físico e mental contra menina de 4 anos

A denúncia aconteceu na sexta-feira (30) e foi realizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Reprodução/IstoÉ

Um dos casos mais comentados e revoltantes do ano está ganhando dimensões ainda mais proeminentes na figura do vereador Dr. Jairinho, isso porque agora, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Segunda Promotoria de Justiça de Investigação Penal Territorial da área de BAngu e Campo Grande denunciou o vereador por Tortura.

Publicidade

Jairo Souza Santos Junior está sendo acusado de ter submetido uma menina de apenas quatro anos a intenso sofrimento físico e mental, por meio de castigo pessoal entre os anos de 2011 e 2012. Os abusos físicos e mentais, de acordo com o documento, aconteceram na época que ele tinha um relacionamento amoroso com a mãe da vítima.

As informações ainda dão conta de que ele se aproveitava da posição de padrasto para torturar a criança nos momentos em que se encontrava sozinho com ela. A denúncia afirma que ele desferia socos contra a barriga da menina, a afogava em piscina e colocava o pé sobre a barriga da criança, além de torcer o braço.

Publicidade

A denúncia do Ministério Público ainda pede que, caso ele seja liberado da atual prisão por atrapalhar as investigações, que Jairinho seja obrigado a comparecer mensalmente ao juízo para justificar suas atividades e que seja proibido de se aproximar e manter contato com a vítima e seus familiares, principalmente de parentes que são testemunhas nos autos.

Publicidade

Fora do isolamento, Jairinho está preso em mesma cela com presos pelo tráfico, de responsável por fraude do INSS e de envolvidos com a milícia. Atualmente sem partido, o vereador está preso no Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, conhecido como Bangu 8.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.