in

Motociclista tem garganta perfurada por pássaro e percorre 9km com ave presa no pescoço até receber socorro

O bico da ave deixou um buraco na garganta do rapaz, que precisou ser levado à UPA local.

G1

Um acontecimento nada comum chamou atenção dos moradores da região da aldeia Águas Correntes, em Barra do Bugres, no Mato Grosso. Um jovem indígena da etnia Umutina teve sua garganta perfurada por um pássaro no exato momento em que andava de moto por uma estrada vicinal da região.

Publicidade

Eik Júnior Monzilar Parikokoriu, de 23 anos de idade, ainda chegou a percorrer cerca de nove quilômetros em sua motocicleta com o pássaro inserido em seu corpo até chegar a aldeia onde mora.

Chegando ao local, o jovem sentiu muita falta de ar e chegou até mesmo a desmaiar antes de ser encaminhado por familiares ao hospital. O acontecimento se deu no último sábado (24).

Publicidade

O indígena conta que retornava da cidade para a aldeia onde mora após a realização de um trabalho como artesão. Segundo ele, um carro havia passado pelo local e, por conta disso, parou em um lugar para esperar a poeira baixar para só então seguir viagem.

Publicidade

De acordo com Eik, quando ele decidiu continuar seu trajeto e saiu do local onde havia parado, o pássaro bicou sua garganta, resultando em um buraco em seu corpo, onde o bicho acabou ficando preso.

Publicidade

Somente após sua chegada na aldeia foi possível realizar a retirada do pássaro de seu pescoço. A família prestou todos os primeiros socorros e, em seguida, o levaram para receber atendimento na Unidade Básica de Saúde localizada na aldeia.

O jovem conta que chegou a desmaiar e sentir muita falta de ar. Após receber atendimento na UBS, uma ambulância fez seu translado até a Unidade de Pronto Atendimento de Barra do Bugres.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.