in

Após divulgação do balanço trimestral, WEG3 dispara e anuncia desdobramento de ações; GS recomenda venda

Com balanço impactado pela demanda gobal, WEG3 dispara mais de 4% e anuncia desdobramento.

The Capital Advisor

Após a apresentação de um lucro líquido de R$ 764,26 milhões no primeiro balanço trimestral de 2021, representando uma alta de 3% em relação ao mesmo período do ano de 2020, quando a pandemia ainda começava em todo o mundo, as ações da WEG (WEGE3) montaram no touro do mercado financeiro e subiram 4,49% nesta quarta-feira (28).

Publicidade

Próximo das 10h30, os papéis da empresa eram negociados com valor de mercado a R$ 38,62, acumulando uma alta de 4,44% nos últimos trinta dias e queda de 7,54% nas últimas 52 semanas.

Segundo a companhia, investidores podem esperar um desdobramento de suas ações na proporção de uma ação para duas, proposta aprovada pelas Assembleias Geral e Ordinária.

Publicidade

Para analistas da Mirae Asset, neste último balanço a WEG apresentou para seus acionistas resultados sólidos, com crescimento de receita, margens, EBITDA e lucro líquido acima do esperado para o período.

Publicidade

Os mesmos analistas apontam que, assim como divulgado pela empresa, a demanda mundial está aquecida e favorece as expectativas de benefícios futuros, após a recuperação da economia, para o setor atendido pela WEG.

Publicidade

Para os especialistas da Mirae Asset, a recomendação em relação aos papéis da empresa é de Compra, com preço-alvo de R$ 90, enquanto os analistas da Goldman Sachs (GS) recomendam justamente o oposto, a Venda, com preço-alvo de R$ 36. 

Para eles, com impacto da depreciação do real se dissipando, os múltiplos da empresa esticados e com uma possível desaceleração do lucro nos próximos trimestres, a Venda seria a melhor posição.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.