in

Homem mata mulher dentro de vagão do metrô com marreta e apanha de passageiros

Agressor foi preso após ser agredido por passageiros revoltados. Aposentado teria tido surto psicótico.

CPTM / Divulgação

Um passageiro do metrô em São Paulo matou a golpes de marreta uma passageira no vagão em que ele se encontrava. O crime ocorreu na Linha 1 Azul do Metrô, quando a composição estava parada na Estação Sé. A situação aconteceu na última segunda-feira, 26/4, e o agressor foi preso em flagrante pela polícia local. A violência revoltou passageiros do metrô, que revidaram e espancaram o homem, que precisou ser levado a um hospital. As informações são da assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), que divulgou o caso.

Publicidade

De acordo com a assessoria da pasta, a vítima, que não teve seu nome divulgada ainda, foi socorrida no local, mas chegou ao hospital já sem vida. Os golpes com marreta foram muitos fortes e causou graves ferimentos no crânio da mulher. A passageira tinha 46 anos de idade. No Twitter da página SP Sobre Trilho’, há imagens da passageira que morreu com golpes de marreta, mas não podem ser divulgadas, pois, são muito violentas. A moça aparece deitada, observada pelos seguranças da estação e outras testemunhas.

Assassino de mulher no metrô foi espancado e teria problemas mentais

Ainda não há imagens do momento do crime, mas o passageiro que agrediu a mulher teria 55 anos de idade, problemas mentais e estaria em surto psicótico, segundo funcionários ouvidos pelo site G1. O homem seria um aposentado, que disse estar armado com uma marreta e uma faca, de acordo com testemunhas. Ao ouvir gritos, outros passageiros foram ver o que estava acontecendo.

Publicidade

Na nota da Secretaria de Segurança Pública, diz que as armas do crime foram apreendidas e que o homem está hospitalizado.

Publicidade

“A marreta usada e uma faca de cozinha foram apreendidas. O homem disse aos agentes que ouviu vozes e toma remédio”, esclarece a pasta.

Publicidade

O crime foi registrado na Delegacia do Metropolitano como homicídio. A polícia irá pedir as imagens para o sistema de metrô da capital.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tadeu Goulart

Assuntos chocantes, novidades da televisão, famosos e política: tudo você encontra aqui.