in

Caso Henry: advogado de Jairinho se pronuncia após revelações de Monique em carta escrita na prisão

Monique Medeiros e Dr. Jairinho foram detidos no dia 8 de abril, quando a morte do menino completou um mês.

Reprodução - Record TV

O programa Fantástico, da TV Globo, exibiu na edição deste domingo (25), trechos de uma carta escrita por Monique Medeiros na prisão. Em seu longo relato de 29 páginas, a mãe de Henry traz revelações impactantes mudando a sua versão apresentada à polícia em depoimento realizado no dia 17 de março. 

Publicidade

Na carta escrita, a professora faz fortes acusações contra o companheiro, o médico e vereador Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho. Monique revela um perfil agressivo do parlamentar, afirma ser coagida e diz ter sido medicada pelo parlamentar na madrugada do dia 8 de março, quando o filho de 4 anos morreu. As declarações contrastam radicalmente com o que a mãe do menino havia citado na sua oitiva.

Advogado se pronuncia

Logo após a divulgação da carta escrita por Monique Medeiros, o novo advogado de Jairinho, Braz Sant´Anna, se pronunciou. O representante de defesa do parlamentar classifica as declarações da professora como ‘fora da realidade’.

Publicidade

“A carta da Monique é uma peça de ficção, que não encontra apoio algum nos elementos de prova carreados aos autos. Não há realidade no relato dela”, disse o advogado em entrevista ao jornal “O Globo”.

Publicidade

O novo advogado de Jairinho assumiu a defesa do parlamentar após André França Barreto ter deixado o caso. Após os familiares de Monique acharem melhor dissociar as defesas, individualizando seus objetivos, o advogado abandonou o caso por inteiro. A mãe de Henry passou a ser representada por três profissionais: Hugo Novais, Thiago Minagé e Thaise Assad. 

Publicidade

Em um dos seus relatos na carta, Monique revela que foi medicada por Jairinho na madrugada da morte do filho, e que foi acordada pelo parlamentar sendo informada do problema com filho. Segundo ela, o vereador teria dito que encontrou o menino caído no chão, respirando mal.

Publicidade
Publicidade