in

Tragédia familiar: jovem perde a mãe e o irmão gêmeo para a Covid-19 em intervalo de poucas horas

Quatro integrantes da mesma família foram internados após se infectarem ao mesmo tempo.

UOL

A família do jovem Gusttavo Farias Lima, de 24 anos, sofreu duas perdas irreparáveis por conta da Covid-19 em um intervalo de apenas 24 horas. Neste curto período, ele viu a mãe e o irmão gêmeo morrerem após complicações oriundas por infecção do coronavírus. O caso comovente foi registrado em Ilhéus, na Bahia.

Publicidade

A mãe de Gusttavo, Hercília Rebouças Farias, morreu na última quinta-feira (22), exatamente no dia em que completou 44 anos. Já o filho dela, Guilherme, morreu na quarta-feira (21). 

De acordo com Gusttavo, toda a família testou positivo para a Covid-19 em um mesmo intervalo de tempo. Além das duas vítimas fatais, ele e o pai precisaram ser internados em uma unidade de saúde de Ilhéus no início do mês. Os dois conseguiram se recuperar, mas a mãe e o irmão sofreram pioras e acabaram não resistindo à infecção.

Publicidade

Gusttavo chegou a ficar em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), no entanto, recebeu alta no último dia 11. Hercília e Guilherme permaneceram no hospital lutando pela vida.

Publicidade

Desabafo

Em post nas redes sociais, Gusttavo desabafou sobre as perdas de duas pessoas inspiradoras para ele. “Ontem (quarta-feira), perdi minha alma gêmea. Meu parceiro da vida, meu tudo. Hoje (ontem), ela se foi. Logo hoje, aniversário dela. A maior guerreira que eu já vi. A pessoa que me ensinou tudo”, publicou o jovem.

Publicidade

Em entrevista ao portal UOL, Gusttavo Farias fez um apelo para que as pessoas levem à serio as medidas de restrição e os protocolos sanitários, com o uso de máscara e respeito ao isolamento social. “Levem a sério porque é uma doença imprevisível e ninguém está imune”, desabafou o jovem de 24 anos. 

Números em Ilhéus

De acordo com o último boletim epidemiológico da Covid-19 no município, Ilhéus acumula 16.198 casos de infecção para a Covid-19, com 414 mortes. O número de recuperados da doença já supera a casa dos 15,4 mil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade