in

Grávida de 27 anos descobre tipo de câncer raro pós surgimento de estrias arroxeadas na barriga

O aparecimento das estrias fez com que uma gestante, de 27 anos, descobrisse um tipo de raro de câncer.

Crescer

A notícia de uma gravidez é sempre um momento especial para os familiares, amigos e para os futuros pais. No entanto, muitas mudanças acontecem com a mulher durante essa jornada de nove meses até a chegada da criança e muitas das futuras mamães passam por situações complicadas.

Publicidade

Durante o período gestacional, a mulher passa por uma grande transformação no corpo devido às mudanças hormonais. Nessa fase, muitas desenvolvem estrias na região da barriga. Uma gestante de 27 anos, que teve estrias arroxeadas na região do abdômen durante a gravidez, jamais poderia imaginar que a condição faria com que descobrisse uma grave doença.

As estrias poderiam ser apenas um problema provocado pela gravidez, mas nessa situação fez com que ela descobrisse ter um tipo de câncer raro. O fato ocorreu em Toronto, no Canadá, e foi relatado no ‘New England Journal of Medicina‘. Quando estava com 32 semanas gestacionais, ela teve que ser internada no Hospital Mount Sinai. Ela apresentava um quadro de fraqueza muscular.

Publicidade

Após ser examinada pela equipe médica que se deparou com estrias na região do abdômen e seios, a primeira hipótese levantada pelos profissionais era Síndrome de Cushing, condição que ocorre quando o corpo fica exposto à grande quantidade de hormônio cortisol. Pode ser provocado pelo uso de esteroides ou mesmo pelo funcionamento errado das glândulas suprarrenais.

Publicidade

Depois que foi submetida a um exame de ultrassom, a equipe identificou uma massa de sete centímetros em sua glândula adrenal direita. Além disso, foi constatado que ela estava com pressão alta e diabetes. Os profissionais medicaram a gestante e, felizmente, ela conseguiu ter um bebê saudável.

Publicidade

Após o parto, a mulher realizou uma tomografia computadorizada e a equipe suspeitou de um carcinoma adrenal, que é um tumor maligno agressivo que pode provocar ganho de peso, fraqueza muscular e náuseas. O câncer foi retirado e não apresentava metástase.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.