in

Caso Henry: divulgada a causa da morte do menino, após semanas de investigação

A criança, de 4 anos, teve óbito declarado na madrugada do último dia 8 de março.

UOL

O caso do menino Henry Borel Medeiros continua gerando forte comoção e grande repercussão em todo o Brasil. A criança, que tinha somente quatro anos, teve seu óbito confirmado na madrugada de 8 de março deste ano após ser levado até uma unidade de saúde particular do Rio de Janeiro.

Publicidade

Henry morava com a mãe, a professora Monique Medeiros da Costa e Silva, e com o padrasto, conhecido como Dr. Jairinho. O político está preso deste 8 de abril, quando foi capturado com a mãe da vítima em Bangu.

O laudo realizado pela perícia no corpo de Henry afirmou que a criança sofreu 23 lesões não condizentes com acidente doméstico. O fato foi contra a versão de Monique, que disse em seu primeiro depoimento na delegacia da Barra da Tijuca que o filho poderia ter caído da cama.

Publicidade

Nesta quinta-feira (22/04), foi divulgado um laudo que confirmou a causa da morte de Henry. De acordo com o documento, a criança foi a óbito em poucos minutos devido a lesões no fígado, que lhe causaram hemorragia.

Publicidade

Monique está presa em Niterói. Neste momento, a professora está recebendo os devidos cuidados médicos por causa do recente diagnóstico de Covid-19. Jairinho também chegou a passar mal na cadeia e pediu atendimento profissional há poucos dias. Ele está isolado dos outros presidiários por causa da pandemia do coronavírus.

Publicidade

O inquérito que investiga a morte de Henry deve ser encerrado até amanhã. De acordo com o delegado de polícia. Monique e Jairinho devem ser indiciados por crime de homicídio duplamente qualificado com emprego de tortura.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.