in

Suposta advogada flagrada em festa clandestina em SP debocha da polícia e fica revoltada

Mulher ficou brava com imprensa que filmava ação do lado de fora do bar de Jandira.

Reprodução Record TV

As polícias Civil e Militar do estado de São Paulo têm trabalhado bastante neste momento mais restritivo da pandemia do coronavírus. O objetivo é evitar aglomerações. Festas clandestinas estão sendo encerradas pelos policiais e quem é pego acaba detido e precisa se explicar.

Publicidade

A polícia fez uma batida em festa clandestina realizada em um bar de Jandira, cidade da Região Metropolitana de São Paulo. No local, havia cerca de 120 pessoas aglomeradas, bebendo, conversando e compartilhando narguilé. O ambiente fechado era bastante propício para a disseminação do coronavírus.

Entre as pessoas que estavam no local, uma mulher chamou a atenção. Ela se identificou à polícia como advogada e não gostou nenhum pouco da ação que interrompeu a festa clandestina. Em determinado momento, quando agentes filmavam a batida policial, ela acenou ironicamente.

Publicidade

Na saída do bar, a mulher se revoltou com a imprensa. “Vou processar todo mundo”, dizia ela. Em seguida, alguém a chamou de doutora – não dá para saber quem foi. Neste momento, a suposta advogada se dirigiu à câmera da RecordTV e esbravejou. “Aí doutora o quê? Estou te dando direito de imagem?”, disse.

Publicidade

Publicidade

Covid-19 já matou mais de 370 mil brasileiros

O Brasil registra mais de 14 milhões de casos e 378 mil mortes causadas pela Covid-19. O país é o segundo em número de óbitos em todo o mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Os números da doença causada pelo coronavírus estão altos em todo o país. A média móvel está próxima das três mil mortes diárias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!