in

Advogado de Monique diz que ela foi a salão após o enterro de Henry porque havia arrancando tufos de mega hair

Segundo a defesa, o desespero fez com que Monique arrancasse vários tufos do alongamento.

UOL | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

Os advogados de Monique Medeiros, mãe de Henry, tentam justificar o motivo que levou a cliente a comparecer em um salão de beleza na Barra da Tijuca logo após enterrar o filho. O fato chamou a atenção da polícia, que apontou frieza no comportamento da professora. Segundo a defesa de Monique, a visita ao salão teve um motivo específico.

Publicidade

De acordo com o Jornal O Globo, a defesa da mãe de Henry afirma que ela chegou a arrancar tufos do alongamento, conhecido como mega hair, ao saber da morte do filho. O advogado Hugo Novais disse, ainda, que Monique não poderia aparecer em público com falhas no couro cabeludo.

Monique Medeiros está presa no Instituto Penal Ismael Silveiro, em Niterói. A polícia chegou à conclusão de que ela e Jairinho, padrasto de Henry, tenham participado do homicídio da criança, além de terem atrapalhado o rumo das investigações. A defesa pede para que a professora seja ouvida novamente.

Publicidade

Monique ficou desesperada, arrancou os cabelos porque tem mega hair. Foi esse o motivo de ela ter ido ao salão no dia seguinte. Ela não tinha como se apresentar daquela forma”, explicou Hugo Novais. Monique era frequentadora de salões de beleza com certa frequência.

Publicidade

Vaidosa, a professora fazia as unhas dos pés, das mãos, e cuidava da hidratação dos cabelos. Procedimentos que realizou no último dia 12 de fevereiro, dia em que ficou sabendo das agressões do namorado ao filho através da babá da criança. Após a morte do filho, Monique continuou cuidando da beleza, e chegou a ser atendida por uma cabeleireira na casa da mãe no último dia 25 de março.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade