in

Lembrete em celular de Monique dois meses antes de agressões a Henry chama atenção: ‘Colocação de câmera’

A Polícia Civil do Rio de Janeiro teve acesso ao lembrete anexado por Monique antes de ser alertada por babá.

Jornal Extra | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

Mais um detalhe sobre os últimos dias de vida do menino Heny Borel, de apenas 4 anos, foi divulgado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. O inquérito busca informações sobre as semanas que antecederam a morte da criança no último dia 7 de março. A polícia teve acesso a um lembrete no celular de Monique Medeiros, mãe do menino.

Publicidade

No último dia 30 de novembro de 2020, dois meses antes de ser alertada sobre as agressões de Jairinho ao filho, Monique anexou um lembrete em seu aparelho celular sobre a colocação de câmeras no apartamento do casal. De acordo com o Jornal Extra, a professora já estaria com a ideia de monitorar Henry mesmo antes de ser alertada pela babá do menino.

A polícia realizou uma perícia no último dia 29 de março no apartamento onde Henry faleceu. A equipe encontrou uma câmera nova guardada no quarto onde o menino dormia 21 dias antes de sua morte. Monique já havia citado o desejo de instalar câmeras no quarto do filho no dia em que foi comunicada sobre as supostas agressões do namorado ao filho.

Publicidade

O lembrete encontrado pela polícia no celular da professora chama atenção. “Colocação de câmera dentro de casa assistindo do celular”, dizia o texto encontrado no aparelho. Na última semana, a cabeleireira que atendeu Monique no dia em que ela recebeu o alerta da babá, foi ouvida pela polícia. A profissional afirmou que a professora estava exaltada ao telefone.

Publicidade

Através de uma chamada de vídeo, Henry teria perguntado se atrapalhava a vida da mãe, e disse que o padrasto havia dito isto. Monique respondeu que o filho não atrapalhava sua vida, e ligou para Jairinho logo em seguida. A cabeleireira disse à polícia, que a professora teria confrontado o vereador e pedido para que nunca mais falasse essas coisas ao filho.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade