in

Jovem dá à luz gêmeas, morre após contrair Covid-19 e nem sequer conhece as filhas; caso comove

Nathanny teve diversas complicações detectadas após dar à luz, e morreu na última quinta (15).

G1

Internada há um mês no Guarujá, litoral paulista, tratando uma infecção pelo coronavírus, a jovem Nathanny Ribeiro da Silva não resistiu e acabou morrendo sem poder sequer conhecer as filhas gêmeas que deu à luz no dia 25 de março.

Publicidade

Pouco tempo depois do parto, a jovem precisou ser intubada em um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por conta da Covid-19. Segundo informações da gerente da Unidade de Saúde da Família (USF), Nathanny realizou todo o pré-natal e vinha sendo acompanhada pela unidade.

Em entrevista ao portal G1, ela contou que a jovem tinha problemas de tireoide, e neste cenário vivenciava uma gravidez de risco. O fato dela estar grávida de gêmeas também acabou impactando complicações. 

Publicidade

No dia 25, data em que deu à luz, os médicos constataram pouco antes do parto que o pulmão da paciente apresentava uma mancha. Após a realização do parto de emergência, a jovem foi intubada e não conseguiu segurar as filhas no colo. 

Publicidade

Prematuras

Segundo a irmã da jovem, as meninas nasceram prematuras, um pouco antes de completar sete meses de gestação. Nathanny teria começado a passar mal a partir do 6º mês. 

Publicidade

Depois de quase um mês lutando pela vida, a jovem de 28 anos não resistiu e morreu na última quinta-feira (15), no Hospital Guilherme Álvaro. 

Além das duas recém-nascidas, Nathanny deixou mais dois filhos, uma menina e um menino, que agora estão sob cuidado da avó materna. O sepultamento da jovem foi realizada na última sexta-feira (16), no Cemitério Jardim da Paz, no Guarujá. A irmã de Nathanny por fim revelou que, ela estava apaixonada pela gravidez e nem sequer pôde conhecer as duas caçulas. 

Publicidade