in

Bebê de 8 meses morre eletrocutado ao morder fio de carregador de celular; outras duas pessoas foram atingidas

Caso foi registrado na Região do Grande Recife, em Pernambuco, e gerou forte comoção.

Pinterest - Imagem Meramente Ilustrativa

Um caso comovente foi registrado na cidade de Araçoiaba, na Região da Grande Recife. Um bebê de 8 meses não resistiu após ser vítima de uma descarga elétrica após morder um fio de carregador de celular.

Publicidade

A Polícia Civil já iniciou as investigações para apurar as circunstâncias da morte da criança e as responsabilidades. De acordo com familiares, Talisson Fidélis estava acompanhado da avó quando recebeu a descarga elétrica. A mulher não notou que o menino teve acesso ao celular que estava conectado à tomada. 

“Ela está dopada. Ficou em choque. Está se culpando pelo que aconteceu”, afirmou o pai do garoto, Emerson Fernando, em entrevista ao portal UOL. Ainda no relato, ele contou que estava com a esposa em uma consulta, quando ficou sabendo da tragédia. A mãe da criança esta grávida de três meses

Publicidade

Trabalhando no caso, a Polícia Civil do estado de Pernambuco já abriu um inquérito para apurar o caso, que segue sob responsabilidade da Delegacia de Araçoiaba. 

Publicidade

Riscos maiores

Procurado pela reportagem do UOL, o delegado Mamedes Xavier informou que o cenário de tragédia poderia ter sido ainda maior, uma vez que havia duas crianças na mesma cdelegado Mamedes Xavier informou que o cenário de tragédia poderia ter sido ainda maior, uma vez que havia duas crianças na mesma casa. Quando o bebê tomou o choque, outra criança segurou nele e ficou agarrada. 

Publicidade

Além do bebê, uma outra criança e um adulto foram eletrocutados. Somente quando chegou uma quarta pessoa mais calma, e conseguiu tirar o carregador da tomada que o cenário de terror acabou. 

Ainda segundo Xavier, peritos já estiveram no local e um laudo será expedido, determinando assim o curso das investigações. Segundo ele, os familiares estão desolados com a tragédia. 

“Estão todos muitos abalados. A família toda. Estão se culpando”, continuou.

Publicidade