in

Henry ligou para Monique chorando, ela brigou com Jairinho e ele ameaçou quebrar tudo e demitir babá

Diversas testemunhas foram ouvidas, inclusive a babá do menino e uma empregada.

UOL/Montagem

Nesta semana, a cabeleireira que atendeu Monique Medeiros no dia da agressão de Jairinho a Henry Borel, deu declarações impactantes. Ela, que não teve o nome revelado, contou que a professora chegou a brigar com dr. Jairinho após o episódio.

Publicidade

Henry havia ficado em casa com a babá, Thayná Oliveira, enquanto a mãe ia fazer as unhas em um salão de beleza. A cabeleireira conta que ela recebeu uma vídeochamada de Henry enquanto estava no estabelecimento.

Mamãe, eu te atrapalho?” e “Mamãe, o tio disse que eu te atrapalho”, perguntou Henry durante a ligação com Monique.. Ela então, de acordo com o que diz a cabelereira, respondeu que não, de forma alguma, e Henry, “com um choro manhoso”, teria falado: “Mamãe, vem pra casa” e “O tio bateu” ou “O tio brigou” , a mulher afirma não se lembrar a frase exata do menino.

Publicidade

A cabeleireira ainda contou que Monique, após a conversa com o filho, ligou aos berros para Jairinho brigando com o namorado pela maneira como havia tratado o menino, de quatro anos de idade, declarado morto no dia 8 de março deste ano.

Publicidade

Veja também: Babá de Henry fala pela primeira vez na televisão e detalha o que via na casa de Jairinho e Monique


Ainda de acordo com o que disse a cabeleireira, Monique falou com Jairinho bastante agitada: “Você nunca mais fale que meu filho me atrapalha, porque ele não me atrapalha em nada“, teria falado a professora para o vereador.

Publicidade

A babá de Henry prestou depoimento e afirmou que Monique e Jairinho brigavam frequentemente. A empregada doméstica do casal confirmou a informação e disse que ambos tomavam remédios e davam ansiolíticos ao menino.

A cabeleireira também relatou que Monique teria falado: “Você não vai mandar ela embora. Ela não fez fofoca nenhuma. Quem me contou foi ele“. A menção seria à babá da criança, com quem Henry estava no momento em questão. A profissional do salão contou ainda que ouviu a professora dizer, depois que Jairinho lhe falou algo ao telefone: “Quebra, pode quebrar tudo. Você já está acostumado a fazer isso“.

No momento, Monique e Jairinho encontram-se presos. O político está cumprindo pena temporária em Bangu 8. Enquanto isso, a professora em uma unidade prisional de Niterói. Os dois estão afastados dos outros presos pelo período obrigatório de quarentena devido à pandemia do coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.