in

Monique teve dias movimentados após enterrar Henry; salão de beleza e procura por curso de inglês e culinária

Procura por cursos foi encontrada no celular da mãe do garoto, o mesmo smartphone que continha a conversa com a babá.

Reprodução/Instagram

As mensagens recuperadas do celular de Monique Medeiros pela polícia civil do Rio de Janeiro através de um software israelense ajudaram nas investigações a cerca da morte do seu filho, o garoto Henry de 4 anos. Através das mensagens, que foram apagadas e recuperadas, foi possível descobrir que a criança já tinha um histórico de sofrer agressões do padrasto Dr. Jairinho. 

Publicidade

Em outras mensagens encontradas no celular de Monique foi possível descobrir que ela demonstrou interesse em iniciar cursos de inglês e culinária logo após o sepultamento de Henry.

O enterro da criança aconteceu dia 10 de março, e no mesmo dia às 19:24 Monique recebeu uma mensagem de uma empresa de cursos de inglês lhe oferecendo um desconto de 40% pelo WhatsApp. A pedagoga respondeu perguntando se o curso era presencial e emendou um emoji sorridente na conversa. 

Publicidade

Já no dia 11, Monique entrou em contato pelo Instagram com uma profissional que oferece cursos de culinária dizendo que gostaria de entrar na lista de espera para fazer uma aula prática. A mãe de Henry terminou o contato com a frase: ‘Um grande beijo em seu coração‘. 

Publicidade

A polícia também tem conhecimento de que Monique Medeiros foi nesse mesmo dia a um salão de beleza, onde arrumou o cabelo e fez as unhas das mãos e dos pés, gastando cerca de R$ 240. 

Publicidade

Monique Medeiros e o vereador Dr. Jairinho foram presos na manhã da última quinta-feira (08/04) justamente após as mensagens serem encontradas no smartphone da mãe do garoto, provando que ela sabia que o filme era agredido pelo padrasto. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: jeanmarangoni@gmail.com