in

Babá de Henry conta detalhes sobre três agressões de Jairinho contra a criança; mãe dizia que garoto inventava

Ao prestar seu segundo depoimento, Thayná abriu o jogo e detalhou três casos de agressão de Jairinho contra a criança de 4 anos.

Reprodução: Instagram Leniel Borel / Instagram Evelyn Regly - Fotomontagem por Vieira Filho

Nesta segunda-feira (12), um novo depoimento foi responsável por abrir novos rumos das investigações acerca da morte de Henry Borel, de apenas 4 anos.

Publicidade

Thayná Oliveira Ferreira, babá da criança, foi pela segunda vez até a 16ª Delegacia de Polícia da Barra da Tijuca e prestou novo depoimento.

A primeira declaração de Thayná aos policiais ocorreu no dia 24 de março. Entretanto, novas revelações e até mesmo mudanças em relação ao que já havia sido dito pela babá vieram à tona.

Publicidade

No novo depoimento, Thayná narrou com detalhes três episódios de agressão de Dr. Jairinho, padrasto de Henry, contra a criança.

Publicidade

Três episódios de violência

De acordo com a babá, o primeiro aconteceu no dia 2 de fevereiro, data em que Monique Andrade, mãe do garoto, estava no futevôlei e Henry estava em casa com a babá e o padrasto. Na ocasião, a criança chamava pela mãe, em seu quarto, quando Jairinho foi até o garoto e o levou para o quarto do casal, trancando a porta e ficando, aproximadamente, 30 minutos no local. Ao sair do cômodo, Henry se queixava, com a babá, de dor no joelho. Quando Thayná contou a Monique sobre o ocorrido, a mãe disse que a criança podia estar inventando.

Publicidade

A segunda agressão teria ocorrido no dia 12 de fevereiro, data em que uma conversa reveladora entre Thayná e Monique aconteceu. Mais uma vez, Jairinho teria entrado para um quarto com Henry e ficado por volta de 10 minutos no local. Quando a criança saiu do quarto, mancava e reclamava de dor no joelho e na cabeça por conta da “banda” que Jairinho havia dado no garoto.

Na última semana de fevereiro, ocorreu o último episódio narrado por Thayná. Jairinho teria chegado inesperadamente em casa e chamado a criança. Quando Henry voltou, reclamava com a babá que teria caído da cama e estava com a cabeça doendo.

Ao saber de tudo, Monique pediu a Thayná que mentisse em seu depoimento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade