in

Avião faz pouso de emergência no aeroporto do Galeão: ‘Fumaça a bordo e cheiro de queimado’

O avião seguia do Santos Dumont, no Rio, para Campinas, em SP, e precisou realizar pouso de emergência no Galeão.

Azul Linhas Aereas/Flickr

Um voo da companhia aérea Azul decolou na tarde desta segunda-feira (12) do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, em direção a Campinas, em São Paulo, porém, precisou realizar uma manobra de pouso de emergência no Aeroporto do Galeão, ainda no Rio de Janeiro, após um dos pilotos reportar a presença de fumaça dentro da aeronave e um forte cheiro de queimado.

Publicidade

A Diretoria de Qualidade e Segurança Operacional da Azul informou em circular enviada aos tripulantes que, após a identificação da ocorrência, os pilotos iniciaram o pouso da aeronave com declaração de emergência.

De acordo com o informe, a fumaça cessou durante a manobra de descida e dois passageiros acabaram se sentindo mal durante todo o incidente e necessitaram de suporte do serviço de saúde do aeroporto.

Publicidade

Em nota divulgada à imprensa, a companhia aérea responsável pela aeronave, a Azul, informou que, por conta de problemas técnicos, o voo AD4040 (Santos Dumont-Campinas) acabou precisando alterar o itinerário para o aeroporto do Galeão

Publicidade

A empresa também ressaltou que tanto o pouso quanto o desembarque ocorreram normalmente e que todos os passageiros foram realocados para outro voo que saiu do Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, ainda nesta noite.

Publicidade

Além disso, a Azul lamentou todo e qualquer aborrecimento causado e destacou que está prestando a assistência de acordo com o previsto pela Anac em sua resolução de número 400. A companhia acrescentou reforçando que ações como esta são de extrema importância para a garantia da segurança operacional.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.