in

Blogueira, pai, mãe e marido são presos por suspeita de vender cosméticos falsificados em todo o país

Os produtos adulterados eram vendidos pelas redes sociais, na clínica da suspeita e nos cursos ministrados por ela.

Reprodução

Uma blogueira e mais três membros de sua família foram presos em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, acusados de vender cosméticos falsificados para todo o Brasil.

Publicidade

Segundo informações da Polícia Civil, a blogueira se passava por estudante do curso de biomedicina e enganava as vítimas dizendo ter criado métodos cosméticos exclusivos, incluindo um suposto tratamento de melasmas.

Só em um dos perfis utilizados pela blogueira Rafaela Braga, 70 mil pessoas acompanhavam suas publicações. Segundo Andrea Pochmann, delegada responsável pelo caso, a jovem, o pai, a mãe e o marido foram presos em flagrante durante operação para cumprimento de mandados de busca e apreensão em residências associadas aos suspeitos.

Publicidade

A delegada descreveu Rafaela como uma menina muito bonita, de 21 anos e que chamava a atenção pelo luxo e pela ostentação. A blogueira viajava muito e já era dona de um carro de luxo e uma luxuosa casa em um condomínio de alto padrão.

Publicidade

A polícia passou a investigar as atividades criminosas de Rafaela a cerca de um mês. Além dos seguidores que adquiriam os produtos da blogueira, empresas também estão entre as vítimas. 

Publicidade

A jovem era proprietária de uma clínica de estética na região e, de acordo com as investigações, os produtos adulterados eram vendidos no estabelecimento, nas redes sociais e também durante cursos ministrados pela suspeita.

Rafaela chegava a cobrar cerca de R$ 5 mil pelos cursos que ministrava, enquanto os kits dos produtos falsificados chegavam à bagatela de R$ 1,5 mil.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.