in

STF desobriga o uso obrigatório de Bíblia em escolas e bibliotecas estaduais

Cármen Lúcia, ministra do Supremo Tribunal Federal, criticou lei que obriga Bíblia em escolas.

André Coelho / Agência O Globo

A maioria dos ministros que atuam no STF (Supremo Tribunal Federal) fizeram uma votação e foi derrubada uma lei que obriga que escolas públicas e bibliotecas estaduais tenham ao menos um exemplar da Bíblia em suas unidades.

Publicidade

Na avaliação dos ministros, essa lei que foi elaborada pelo estado do Amazonas, viola a laicidade do Estado, bem como a liberdade da religião que é uma das garantias da Constituição Federal de 1988. Lembrando que essa decisão não impede que as unidades tenham Bíblias ou outros livros sagrados, porém, derruba a obrigatoriedade para tal aquisição.

Nas normas impugnadas, ao determinar-se a existência de exemplar da Bíblia nas escolas e bibliotecas públicas, institui-se comportamento, em espaço público estatal, de divulgação, estímulo e promoção de conjunto de crenças e dogmas nela presentes”, disse a ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia.

Publicidade

Ainda segundo a relatora, tal obrigatoriedade é uma ofensa ao princípio da laicidade que é garantido a todos os brasileiros, bem como a liberdade religiosa e a isonomia dos cidadãos.

Publicidade

Cármen Lúcia diz também que isso confere um tratamento sem igualdade sem assegurar que todos tenham acesso facilitado em instituições públicas, além de avaliar que essa obrigatoriedade desrespeita outros livros sagrados ou estudantes que tenham outra religião, ou ainda, os alunos não têm nenhuma crença religiosa.

Publicidade

Durante o ato não foi citado pela relatora que no ano de 2019 o Supremo Tribunal Federal também manteve uma decisão que foi tomada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas. Tal lei municipal que foi expedida pela capital do estado, Manaus, obrigava que espaços públicos tinham exemplares da Bíblia.

Publicidade

Escrito por Nado Calegari

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 10 anos, trabalho também como redator há cerca de 4 anos, o que fez despertar uma nova paixão e hoje também sou graduado em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail nado_news@hotmail.com .