in

Caso Henry: ex-mulher de Jairinho diz que foi agredida por ele dois dias após casamento: ‘Ataque de fúria’

Jairinho é o principal suspeito no caso de morte do enteado, Henry Borel de Almeida.

Reprodução - Globo

Detido desde a última quinta-feira (08) por ser o principal suspeito na morte do menino Henry Borel de Almeida, 4 anos, o vereador Dr. Jairinho vem sendo alvo de acusações de diversas agressões contra ex-companheiras e crianças, tanto que foi aberto um inquérito paralelo ao “Caso Henry” para apurar os fatos.

Publicidade

De acordo com informações do jornal “O Globo”, no dia 3 de janeiros de 2014, Ana Carolina Ferreira Neto, registrou um boletim de ocorrência contra o médico e vereador por lesão corporal. Os dois tiveram um relacionamento de 21 anos. Dias depois, entretanto, ela se dirigiu à delegacia para tentar desfazer a queixa, informando que o caso se tratou de uma crise de ciúmes.

Chamada para depor nas investigações da morte de Henry, a dentista retornou à delegacia e disse ter sido chutada após desistir da viagem de lua de mel àquela época. 

Publicidade

Na oitiva, Ana Carolina disse que o relacionamento entre os dois foi conturbado, com infelicidade e traições. A mulher disse ainda que era “afrontada” e “perseguida” pelas amantes de Jairinho. 

Publicidade

Agressões

Casados no dia 27 de novembro de 2013, Jairinho e Ana Carolina haviam programado uma viagem de lua de mel. Quando ela estava preparando as malas, uma ligação de um número restrito ocorreu. Na oportunidade, esta pessoa ofendia Jairinho, e dizia que o parlamentar tinha saído para encontrá-la. 

Publicidade

A jovem disse ter descido do apartamento e ter encontrado o vereador falando com esta mulher. Diante disso, Ana Carolina afirma ter dito “Acabou”, e retornou para desfazer as malas. Neste momento, Jairinho teria agredido ela com chutes. No depoimento, ela disse que o vereador teve um “ataque de fúria”, segurando-a pelo braço, arrastando até a cozinha e desferindo diversos pontapés. Na época, um exame de corpo delito confirmou as agressões.

Publicidade
Publicidade