in

Ex-esposa acusou Jairinho de agressão em 2013: ‘A violência era constante’

Ana Carolina falou sobre supostas agressões do ex-marido. A dentista também notificou a policia informações falsas divulgadas por Jairinho nas redes sociais.

UOL

Ana Carolina Netto, mãe de dois filhos do Dr. Jairinho, reiterou ontem à polícia do Rio que foi espancada pelo marido na ocasião, em 2013. Desde então, eles se separaram.

Publicidade

Segundo a ex-mulher, Jairinho agrediu-a com chutes no dia 29 de dezembro de 2013. O vereador estava conversando com uma mulher por telefone no carro, na garagem do apartamento em que o casal morava, na Barra da Tijuca. Jairo agarrou-a com raiva para a cozinha, onde começou a ofendê-la e a chutá-la várias vezes”, diz o informe policial, descrito no jornal O Globo.

As agressões só teriam parado, porque a mãe da dentista intercedeu e pediu ao vereador que parasse o ataque, foi então que a agressão cessou.

Publicidade

Segundo a ex-mulher, incidentes violentos ocorreram com frequência durante a vida do casal, mas a situação se agravou no período anterior ao incidente. Segundo o jornal, a defesa do político negou todas as acusações.

Publicidade

Além da agressão, a dentista também notificou a polícia de informações falsas divulgadas por Jairinho nas redes sociais. Segundo ela, o político postou uma foto de Henry e seus dois filhos com uma legenda sobre história de uma viagem juntos, no qual as crianças ficaram amigas.

Publicidade

De acordo com o relatório, na época, Ana Carolina Netto chegou a fazer o exame físico e confirmou que suas lesões eram compatíveis com sua denúncia, mas o processo acabou sendo arquivado.

Jairinho foi preso nesta quinta-feira (8) com sua atual namorada Monique Medeiros, que é mãe do menino Henry, como resultado da investigação, ele era suspeito de ser o autor da morte da criança. Segundo a polícia, ele tentou usar sua influência política para bloquear a investigação.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Thiago Borges

Olá, sou Thiago Borges.