in

Esposa de jornalista morre de Covid-19; o marido também morreu devido à doença

A professora era esposa do jornalista e poeta João Bosquo de Almeida, que morreu na terça-feira (6).

G1

O mundo está vivendo um colapso após o coronavírus se espalhar desde meados de dezembro de 2020, na China. Desde então, mais de 134 milhões de pessoas já foram infectadas e mais de 2,9 milhões já morreram.

Publicidade

No Brasil, milhares de pessoas já morreram e milhões já foram infectados com a doença. Nos últimos dias, o Brasil está vivendo momentos críticos com alto número de pessoas morrendo devido à Covid-19. 

O estado do Mato Grosso também está passando por um momento delicado devido à doença. Nas últimas 24 horas no estado, 73 morreram de Covid.

Publicidade

Em meio a tantas vidas perdidas está a da professora Eunice Aparecida, de 63 anos, que morreu nesta sexta-feira (9), vítima da Covid-19, em Cuiabá. Eunice era a esposa do jornalista e poeta João Bosquo de Almeida, que também faleceu na terça-feira (6) devido à doença. 

Publicidade

A professora estava internada na UTI no mesmo hospital onde o esposo faleceu. Eunice dava aulas na Escola Municipal José Luís Borges Garcia. Porém, como ela fazia parte do grupo de risco, ela estava afastada. Através de uma nota, a direção da escola lamentou sua morte.

Publicidade

O esposo da professora é autor de vários livros e estava planejando lançar o novo livro, intitulado ‘Quotidianos de Tempos e Temperos’. No mês de março, a família chegou até relatar que o lançamento do livro estava em atraso devido à Covid-19.

João era bem conhecido em Mato Grosso e chegou a ser presidente do Sindicato dos Jornalistas do Estado, além de trabalhor em diversos meios de comunicação. No estado de Mato Grosso, 10 jornalistas já perderam a vida para a Covid-19.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.