in

Último pedido feito por Henry antes de morrer é revelado e emociona o pai do menino

Em entrevista à TV Globo, Leniel Borel detalhou último encontro que teve com o filho.

G1

Na última quinta-feira (8), Dr. Jairinho e Monique Medeiros foram abordados e presos em uma casa em Bangu, no Rio de Janeiro, após polícia concluir que o casal estaria atrapalhando as investigações da morte do menino Henry. Após o corrido, Leniel Borel, pai do menino concedeu entrevista à TV Globo e revelou o último pedido feito pelo filho.

Publicidade

Visivelmente emocionado, o pai de Henry relatou que após passar o fim de semana com filho, anunciou ao menino que havia chegado a hora de voltar para a casa da mãe. Leniel contou que a reação da criança não foi a das melhores e que um pedido foi feito de imediato por Henry.

“Deixa eu ficar mais um dia com você”, disse Leniel, reproduzindo o último pedido do filho feito a ele antes de morrer. O pai de Henry explicou ao menino que precisava trabalhar no dia seguinte e Monique, que estava presente na ocasião, recordou à criança que ela teria escolinha de futebol e natação no outro dia e não poderia ficar com o pai.

Publicidade

Leniel afirmou que mesmo diante dos argumentos apresentados por ele e por Monique, Henry foi categórico em afirmar que não gostava das tais atividades que teria que cumprir no dia seguinte. Mesmo com o pedido, o menino foi levado pela mãe para o apartamento onde vivia com Jairinho.

Publicidade

Essa foi a última vez em que Leniel esteve com o filho pessoalmente. Nas próximas horas, Henry deu entrada no hospital sob alegação da mãe e do padrasto de que o menino havia sofrido um acidente doméstico. Com a morte da criança confirmada, investigações e perícias aconteceram e acabaram culminando na prisão do casal por envolvimento no crime.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade