in

Em mensagem, babá de Henry faz revelação para a mãe do garoto

A polícia conseguiu recuperar mensagens da mãe de Henry para a babá e fez descoberta medonha.

Uol

O caso da morte do menino Henry deixou o Brasil inteiro consternado. Até agora não se sabe o que aconteceu de fato para levar o menino de 4 anos à óbito, mas a polícia prendeu de maneira preventiva na manhã desta quinta-feira, 8 de abril, a mãe do menino, Monique, e o padrasto dele, Dr. Jairinho. Para a polícia o casal era conivente nas agressões contra o menino.

Publicidade

Jairinho e Monique foram presos

Através da perícia e da reconstituição da morte da criança ficou comprovado que não seria possível que as lesões que o menino apresentou tenham sido causadas por acidente doméstico. A perícia fez simulações em todos os móveis encontrados no quarto do menino e nenhum deles seria capaz de provocar todas aquelas lacerações encontradas na criança.

A polícia utilizou um equipamento muito avançado para conseguir recuperar mensagens trocadas entre Monique e a babá de Henry. Foi aí que ficou comprovado que a mãe do menino sabia que o Dr. Jairinho agredia a criança, mesmo assim, ela se omitiu e não teria prestado ajuda ao filho.

Publicidade

Babá contou para a mãe de Henry sobre agressões

Em uma das conversas, a babá teria contado para a mãe do menino, que Dr. Jairinho chegou em casa e chamou Henry para o quarto. O menino foi até o local e a babá relatou para a mãe que ouvia barulho de desenho vindo do quarto. Monique então teria insistido para a mulher tirar Henry de lá, a babá consegue trazer o menino e fala em mensagem para Monique que o padastro teria dando ‘uma banda’ no menino e chutado ele, ‘toda vez é isso’, disse ela, indicando que aquela não era a primeira vez.

Publicidade

As mensagens datam do dia 12 de fevereiro. Monique teria insistido com a babá para saber mais detalhes, foi aí que a babá teria sondado o menino que, de acordo com as mensagens, disse que Dr. Jairinho o alertou de que ele não ‘podia contar’, que ele ‘perturba a mãe’ e que ele ‘tem que obedecer, se não vai pegar ele’.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática.