in

Divulgada conversa completa de babá com mãe de Henry sobre tortura de Jairinho contra a criança; ‘chutou ele’

Na íntegra, G1 divulga conversa de Thayna, babá de Henry, com mãe do garoto e revela agressões de Jairinho contra a criança.

Reprodução: O Globo / G1 - Fotomontagem por Vieira Filho

No dia 8 de março, há um mês, iniciava-se, no Brasil, uma investigação de morte misteriosa de uma criança de apenas 4 anos. Henry Borel chegou a um hospital particular da Barra da Tijuca com lesões no crânio, estômago, fígado e rins, além de manchas roxas na parte externa de seu corpo, já sem vida.

Publicidade

Na manhã desta quinta-feira (08), Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, mãe de Henry, e Jairo Souza Santos Júnior, o vereador do Rio de Janeiro Dr. Jairinho (Solidariedade), padrasto, foram presos pela Polícia Civil na casa de familiares sob a acusação de terem tentado atrapalhar as investigações e ameaçarem testemunhas.

Após a prisão do casal, uma troca de mensagens no aplicativo do WhatsApp entre Monique e Thayna de Oliveira Ferreira, a babá de Henry, foi divulgada.

Publicidade

Na conversa, Thayna conta para a mãe, em tempo real, sobre a sessão de tortura que Jairinho praticava com Henry dentro de um dos cômodos do apartamento do casal. O diálogo se encontra, na íntegra, ao final da reportagem.

Publicidade

A babá diz à mãe que os dois ficaram trancados no local, mas não era possível ouvir o que acontecia, pois o som da televisão estava muito alto.

Publicidade

Após Jairinho abrir a porta, Henry teria saído do local muito assustado e mostrado hematomas que o padrasto teria provocado nele. Além disso, nas mensagens, a babá relata que Henry contou a ela que Jairinho o pegou pelo braço, deu uma rasteira e o chutou.

Conversa

Confira, abaixo, a conversa divulgada pelo G1:

Na sequência, Thayna desconfia que Jairinho está observando-a.

Logo depois, Monique revela que pensa em colocar câmeras escondidas no apartamento.

Posteriormente, Henry começa a contar à babá sobre o que aconteceu no cômodo.

Por fim, Thayna revela que Henry sentia dores na cabeça e que seu joelho estava machucado.

Casal liberado

No início da tarde desta quinta, o casal foi liberado da delegacia para onde foram levados na manhã. Eles irão fazer exames no IML e posteriormente serão transferidos para o sistema prisional.

Publicidade