in

Estoque de ‘kit intubação’ irá durar menos de 30 dias em São Paulo, diz secretário da Saúde

Apesar da baixa do estoque o secretário da saúde da capital afirmou que não há falta de insumos.

CNN

O estado de São Paulo vem colhendo bons frutos com a fase emergencial da quarentena, de acordo com dados divulgados pelo governo estadual o índice de transmissão da Covid-19 diminuiu e o isolamento social chegou a um total de 53%, de acordo com o governo todos esses resultados se deve a ajuda da população. Contudo, apesar dos bons resultados não é hora de relaxamento, e de acordo com o governo estadual algumas medidas restritivas mais duras continuarão mesmo após o fim da fase emergencial.

Publicidade

O secretário de saúde da cidade de São Paulo, Edson Aparecido declarou que não falta insumos essenciais para o tratamento da Covid-19. Edson Aparecido afirmou em entrevista concedida a CNN que a cidade realizou uma grande compra de ‘kits intubação’ e que o estoque dos medicamentos vão durar cerca de 20 a 25 dias. Apesar dos medicamentos possuírem alta demanda nacional e internacional, a cidade consegue vir comprando os insumos semanalmente.

Outra preocupação do governo municipal era a possibilidade de falta de oxigênio medicinal, contudo, a administração implementou miniusinas de oxigênio em algumas unidades de saúde que irão suprir a necessidade inicial. 

Publicidade

Para o secretário de Saúde a fase emergencial da quarentena adotada em todo o estado demonstrará os resultados para a capital paulista apenas no fim de abril, pois será nesse período que a transmissão do vírus será diminuída, além da baixa do número de internações e consequentemente dos óbitos causados pela Covid-19.

Publicidade

A fase emergencial da quarentena paulista deve se encerrar no dia 11 de abril, mas está sendo discutido pelo governo estadual algumas medidas restritivas que deverão continuar em todo o estado de São Paulo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade