in

Pela 1ª vez, Lula ultrapassa Bolsonaro em cenário de 2022

Ao mesmo tempo que a pesquisa mostra um crescimento na aceitação da candidatura de Lula, também mostra o crescimento de rejeição ao governo Bolsonaro.

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil; Cristiano Mariz/VEJA

De acordo com uma nova pesquisa realizada pela XP/Ipespe, a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para as eleições presidenciais de 2022 continua em alta. Ao mesmo tempo, a pesquisa mostra que o crescimento da reprovação ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido) também vem aumentando cada vez mais.

Publicidade

Segundo um levantamento, que foi divulgado nesta segunda-feira, 5, pela primeira vez Lula ultrapassou o atual chefe do Executivo nas intenções de votos no 1º turno, isso mesmo que os dois acabem permanecendo tecnicamente empatados.

Em uma pesquisa anterior, Lula tinha 25% das intenções de votos, desta vez, o petista está com 29%. Enquanto isso, Bolsonaro, que antes tinha 27%, desta vez, aparece com 28%, ficando atrás do ex-presidente Lula. Outros dois possíveis candidatos que se destacam são o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, e Ciro Gomes- cada um aparece na pesquisa com 9% das intenções de votos.

Publicidade

Ainda de acordo com a pesquisa da XP/Ipespe, em um possível segundo turno, Lula tem uma vantagem ainda maior sobre o atual presidente: 42% a 38%. No início do mês passado, Bolsonaro surgiu com 41% e Lula com 40%.

Publicidade

Ao mesmo tempo que a aceitação à candidatura de Lula cresce, o governo de Bolsonaro segue sendo mal avaliado, isso de acordo com a pesquisa: 48% consideram a gestão do atual presidente ruim ou péssima. Antes disso, em um levantamento feito em outubro, o atual presidente tinha uma avaliação negativa de 31%. Nesses meses, o porcentual de pessoas que avaliam o governo Bolsonaro ótimo ou bom caiu para 27% – antes era de 39%.

Publicidade
Publicidade
Publicidade