in

Juiz concede liberdade ao próprio filho e afirma: ‘Entre defender a toga e meu filho, defendo ele’

O magistrado justificou sua decisão afirmando que teria tomado a mesma decisão independente de quem fosse.

Reprodução

Um juiz da 1ª Vara da comarca de Floriano, Noé Pacheco de Carvalho, chamou atenção do Brasil todo ao conceder a liberdade provisória ao próprio filho após o mesmo ser autuado por lesão corporal culposa e embriaguez ao volante. O filho do magistrado havia se envolvido em um acidente de trânsito que resultou em uma pessoa ferida.

Publicidade

Para o juiz, não houve nenhuma “aberração” na sua decisão, proferida no dia 29 de março. Segundo Noé, em declaração feita à TV Globo, “entre defender a toga e um filho“, ele iria preferir defender o filho.

De acordo com o juiz, seu filho havia sido levado para o distrito policial e o caso se tratava de liberdade provisória. Além disso, o rapaz seria réu primário e possuidor de bons antecedentes. “Assumi todos os riscos e concedi a liberdade, mas apliquei medidas cautelares”, disse o magistrado.

Publicidade

Noé afirmou ainda que teria tomado a mesma decisão em qualquer outro caso semelhante. Segundo ele, o pensamento teria sido o mesmo independente de quem fosse o preso. O juiz afirmou ainda que, com a mesma urgência que se deve decretar uma prisão preventiva, se deve conceder liberdade nos casos onde a lei assim permita.

Publicidade

Sobre o fato de não ter imposto qualquer fiança, o magistrado justificou alegando que seu filho não possui renda própria e, nesses casos, a família não tem obrigação arcar com tal custo. 

Publicidade

Noé completou ainda dizendo que, de acordo com a lei, concede-se liberdade sem fiança mediante outras medidas cautelares, algo que ele afirma ter sido feito no caso do seu filho e nos casos de qualquer outra pessoa, nas mesmas circunstâncias. “Não houve privilégio nesse sentido”, justificou.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Higor Mendes

Redator com três anos de experiência, apaixonado por história da Segunda Guerra Mundial, política, futebol e curiosidades em geral.