in

Padre morre por Covid-19 após perder pai e mãe para a doença em 20 dias; vídeo dele antes de morrer comove

Religioso permaneceu mais de 20 dias internado lutando contra o coronavírus, e morreu nesta semana.

Facebook - Metrópoles

A comunidade católica de Mariluz, no noroeste do Paraná, está de luto. Figura bastante conhecida no município, o padre Marinaldo Batista morreu vítima de complicações da Covid-19. O religioso estava internado lutando contra a doença, mas não resistiu na última quinta-feira (1º). Ele já havia perdido a mãe e o pai para o coronavírus, em um intervalo de menos de 20 dias.

Publicidade

Atuante há 25 anos como padre, Marinaldo era missionário e, antes da pandemia, exercia suas funções religiosas nos Estados Unidos. Ao vir passar um tempo no Brasil, o sacerdote acabou não conseguindo retornar para o país norte-americano em função da pandemia.

Vídeo de desabafo

O religioso permaneceu 23 dias internado. E um pouco antes de dar entrada na unidade hospitalar, ele chegou a gravar um vídeo nas redes sociais, informando que o irmão havia sido infectado, e aproveitou para fazer um desabafo contra as pessoas que não respeitam os protocolos de isolamento. 

Publicidade

“Este é o problema que estamos vivendo hoje no Brasil. Além de uma pandemia que ninguém controla, as pessoas estão simplesmente ignorando o problema. Não saia de casa tendo o risco de ter a doença e levar a morte para os outros”, afirmou à época. O irmão do sacerdote conseguiu se recuperar. 

Publicidade

Posted by Marinaldo Batista on Wednesday, February 24, 2021

A primeira morte na família do religioso ocorreu no dia 5 de março, quando o pai veio à óbito. Dezoito dias depois, a mãe dele também não resistiu às complicações da doença. Já na última quinta (1), foi o religioso de 53 anos que acabou perdendo a batalha contra o vírus. O sepultamento de Marinaldo ocorreu na última sexta-feira (02), em Mariluz. 

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade