in

Caso Henry: Polícia Civil fecha o cerco e descarta morte por acidente doméstico

Informação foi divulgada pela equipe de reportagen da TV Bandeirantes.

Arquivo pessoal Monique Medeiros / Reprodução Globo

Henry Borel, de quatro anos, morreu na madrugada do dia 8 de março. O caso repercute em todo o Brasil e a Polícia Civil do Rio de Janeiro avança nas investigações para saber o que aconteceu com o garoto no interior do apartamento localizado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Publicidade

Henry estava com a mãe, Monique Medeiros, e o padrasto, Jairo Souza Santos, o vereador Dr. Jairinho, quando tudo aconteceu. O casal contou que encontrou Henry caído à beira da cama, no quarto principal da casa, durante a madrugada. Eles acordaram depois de assistirem série no quarto de hóspedes.

Henry foi socorrido pela mãe e padrasto e levado ao Hospital Barra D’Or. O garoto já chegou ao local morte. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) mostrou que ele morreu em decorrência de laceração no fígado e hemorragia interna causados por ação contundente.

Publicidade

Polícia teria descartado acidente doméstico

A Polícia Civil esteve no apartamento na última segunda-feira (29). Os peritos ficaram cerca de quatro horas no local e saíram de lá com uma informação que foi divulgada pela repórter Mariana Procópio, do Jornal da Band Rio.

Publicidade

“O foco foi fazer uma análise técnica, estudar e comparar a distância dos móveis para o chão para avaliar se existia a possibilidade de um acidente doméstico ter causado a morte de Henry. Mas informações exclusivas obtidas pelo jornalismo da Band apontam que uma avaliação inicial descartou essa hipótese”, disse a repórter.

Publicidade

O perito Nelson Massini, com mais de 50 anos de experiência na área, afirmou que mesmo sem ir ao local e fazer as medições, ele não vê como uma queda naquele ambiente – que foi amplamente mostrado em programas de TV – poderia causar as lesões que Henry sofreu.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!