in

Super feriado não demonstra efeitos em São Paulo

O índice de isolamento social sofreu queda com a aplicação do megaferiado.

Foto: Marcelo Brandt/G1

A prefeitura de São Paulo optou por realizar o adiantamento de alguns feriados de 2021 e até mesmo de 2022, assim criando um super feriado de 10 dias na capital paulista. A intenção do prefeito, Bruno Covas, era aumentar o índice de isolamento social, entretanto, a medida não foi suficiente.

Publicidade

O feriado prolongado teve início na última sexta-feira (26) e os índices de isolamento encontrados na capital era de 42% e no estado de São Paulo 43%. Não houve qualquer mudança, pois os mesmos dados eram encontrados na semana anterior. Ainda em comparação com os dados da semana anterior ao início do super feriado, foi constatado que nos dias de fim de semana houve uma diminuição da taxa de isolamento social em toda a cidade de São Paulo.

No estado de São Paulo as notícias também não foram animadoras, pois comparado os dados da semana antecedente ao super feriado e no fim de semana de início da medida, foi constatado que os índices de isolamento também sofreram uma queda após a implantação do mega feriado. Em comparação na região do ABC paulista, assim como em Santos, foi constatado que a medida adotada surtiu com os efeitos esperados.

Publicidade

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o índice de isolamento social deve ser de 60 a 70%. O médico André Ribas de Freitas declarou que as medidas impostas devem ser mais rígidas, pois o estado está sofrendo com a infecção de uma variante mais transmissível da Covid-19. Uma medida idealizada pelo médico é o rastreamento de infectados, pois a maioria das transmissões ocorre quando o paciente ainda se encontra assintomático.

Publicidade

O estado de São Paulo e a capital paulista declaram que a participação da população no combate a transmissão da Covid-19 é imprescindível.

Publicidade
Publicidade
Publicidade