in

Auxílio Emergencial: passo a passo para saber se você terá direito às novas parcelas; resultado sai quinta

Benefício terá mais quatro cotas em 2021, mas com valores diferenciados de acordo com perfil.

Agência Brasil

Depois de muitos entraves e um cenário de indefinição, o Auxílio Emergencial teve a sua volta oficializada pelo governo federal, que relutou bastante, mas cedeu à pressão dos parlamentares. O cronograma das novas parcelas do benefício ainda não saiu, fato que deve ocorrer nesta semana, e milhares de brasileiros aguardam ansiosamente para saber se serão contemplados ou não nesta nova fase do programa, que vem mais “enxuto”.

Publicidade

No comparativo com o ano passado, o Ministério da Cidadania promoverá um enxugamento de mais de 22 milhões de beneficiários. Com a PEC Emergencial aprovada e um teto de R$ 44 bilhões para as quatro cotas do programa, o Auxílio Emergencial atenderá cerca de 46 milhões de famílias em 2021.

Como saber se vou receber?

De acordo com o Ministério da Cidadania, a expectativa é que a partir da próxima quinta-feira (31), os beneficiários já conseguirão saber se vão receber as novas cotas.

Publicidade

Para isso, a pessoa deve acessar o Portal de Consultas do Dataprev, inserir nome completo, CPF, nome da mãe e data de nascimento, e ainda marcar a opção “Não sou um robô”. Após este preenchimento, o site informará se o beneficiário está ou não no grupo que será atendido.

Publicidade

Quando começa?

Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro (Sem partido) disse que os novos pagamentos do Auxílio Emergencial começarão entre os dias 4 e 5 de abril. Os primeiros atendidos serão os beneficiários inscritos no CadÚnico, e na sequência o grupo que entrou para o programa via aplicativo.

Publicidade

Pessoas que integram o Bolsa Família só vão receber a partir do dia 16 de abril, com a data de pagamento variando de acordo com o dígito final do NIS (Número de Inscrição Social). Ainda segundo o Ministério da Cidadania, o calendário de pagamentos deve sair nos próximos dias. 

Nesta nova fase, o Auxílio Emergencial terá cotas de R$ 150, R$ 250 e R$ 375 – valor este conferido às mães chefes de família. 

Publicidade
Publicidade