in

Paciente que fugiu de hospital com medo de ser intubado morre por complicações da Covid-19

Homem de 45 anos acabou não resistindo à doença e morreu em menos de duas semanas após a fuga.

Agora MT

O homem com Covid-19 que tentou fugir do Hospital Universitário de Londrina durante um quadro de crise de ansiedade há quase duas semanas, acabou não resistindo às complicações da doença e morreu neste domingo (28), na mesma unidade hospitalar. 

Publicidade

Segundo o hospital, o homem de 45 anos, teve morte cerebral decretada depois de desenvolver um quadro de parada cardiorrespiratória em decorrência da Covid-19.

A fuga mal sucedida do paciente se deu no dia 17 de março. Na oportunidade, o homem teve uma crise de ansiedade. Ao ver que uma idosa estava sendo intubada na mesma ala em que ele estava e outra pessoas morrer vítima da Covid-19, o paciente entrou em desespero, e mesmo vestido apenas com as roupas hospitalares, resolveu fugir quando a equipe médica o avisou que ele precisava ser intubado.

Publicidade

De acordo com informações da unidade hospitalar, o homem diagnosticado com Covid-19 estava recebendo oxigênio no ambulatório, mas como o seu pulmão estava significativamente comprometido, o suporte não era o suficiente, e seria necessário o procedimento. 

Publicidade

Vídeo da fuga

Um pedestre que passava pelas proximidades do HU de Londrina flagrou a cena e registrou em vídeo. Nas imagens, após uma perseguição, o homem foi detido, amparado por profissionais do hospital e foi colocado em uma maca. Na ação, o paciente tirou a máscara de oxigênio onde recebia oxigênio e saiu correndo pela avenida, depois de alguns quarteirões, ele acabou sendo detido. 

Publicidade

O HU ainda informou que a suspeita é que o paciente tenha desenvolvido uma crise súbita de ansiedade, desencadeando uma parada cardiorrespiratória. A identidade do homem de 45 anos não foi revelada. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade