in

Tragédia: incêndio no Centro do Rio atinge dezenas de famílias; portador de deficiência está desaparecido

Chamas tomaram conta de vários apartamentos de abrigava pessoas vulneráveis.

Extra

Um incêndio de grandes proporções atingiu três imóveis no Centro do Rio de Janeiro na madrugada na noite deste sábado (27). O caso ocorreu na Rua do Livramento. As chamas provocaram um cenário de destruição, deixando 26 famílias sem moradia. As informações foram repassadas pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Publicidade

Em um primeiro momento, a pasta chegou informar que havia um óbito na tragédia, mas depois classificou o caso como um desaparecimento de vítima. O homem desaparecido é portador de deficiência física. Cerca de 40 famílias vulneráveis residiam nos prédios 207, 209 e 201 da Rua do Livramento. Em função do incêndio, que destruiu boa parte das construções, a Defesa Civil interditou o local, por conta dos riscos de desabamento. Ao todo, 26 famílias ficaram desabrigadas, e 13 residências foram interditadas.

O cadastramento das famílias que ficaram desabrigadas foi efetuado pela secretária Laura Carneiro. Seis pessoas, entre elas um casal de cadeirantes e quatro homens, – um deles da República do Congo – já foram acolhidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social. Além disso, uma mulher grávida acabou entrando em trabalho de parto, e passa bem.

Publicidade

Rescaldo

A reportagem do G1 procurou o Corpo de Bombeiros para obter mais informações sobre o possível óbito noticiado inicialmente pela secretaria, mas a corporação ainda não confirmou a morte do portador de deficiência. O chamado para atendimento foi realizado às 19h27. 

Publicidade

Os bombeiros se limitaram a informou que três quartéis estavam realizando o rescaldo do fogo nas primeiras horas deste domingo (28). Estão trabalhando na operação equipes de São Cristóvão, Centro e Tijuca.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade