in

Henry aparece em vídeo dançando e abraçando a barriga do pai horas antes de ser levado sem vida ao hospital

Imagens inéditas mostram o momento em que o menino interage com o pai em um parque de diversões.

Jornal O Globo | Divulgação

O caso sobre a morte do menino Henry Borel, de apenas 4 anos, segue ganhando novos desdobramentos. Na última semana, o delegado Henrique Damasceno ouviu dezenas de testemunhas sobre o caso. A Justiça autorizou um procedimento de busca e apreensão na casa da família do padrasto da criança, Jairo Souza, onde foram apreendidos aparelhos celulares.

Publicidade

O pai de Henry, o engenheiro Leniel Borel, também teve um celular e um notebook apreendido durante a operação. Desde então, a polícia tenta traçar os últimos passos do menino, que passou o fim de semana com o pai e morreu em circunstâncias misteriosas horas depois de ser entregue à mãe, Monique Medeiros.

De acordo com o Jornal O Globo, horas antes de falecer, Henry foi flagrado ao lado do pai em um parque de diversões na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Nas imagens, o menino aparece ativo, sorridente e dança enquanto abraça a barriga do pai. As imagens reforçam o depoimento do engenheiro, que afirma que o filho passou o fim de semana sem nenhuma intercorrência.

Publicidade

Recém-separados, Leniel e Monique tentavam adequar o filho à nova rotina. Henry ainda não teria se acostumado com o novo lar junto à mãe e o padrasto, chegando a apresentar episódios de choro intenso e vômito. Monique teria, inclusive, procurado uma psicóloga para auxiliar a criança a passar por este momento.

Publicidade

Henry faleceu no último dia 8 de março após ser levado ao hospital pela mãe e pelo padrasto. O menino já chegou ao local sem vida. O laudo da perícia realizada no corpo da criança apontou diversas lesões violentas. A mãe de Henry contou à polícia que encontrou o filho desacordado no quarto no meio da madrugada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade