in

Menina de apenas 6 anos morre vítima da Covid-19 em SC; família fica desolada: ‘Momento muito difícil’

Garotinha acabou tendo um agravamento rápido da infecção e não resistiu.

UOL - Pinterest - Montagem

Uma menina de 6 anos morreu vítima da Covid-19 pouco mais de duas semanas de apresentar os primeiros sintomas da doença. Residente em Criciúma, no sul de Santa Catarina, a pequena Emanuelly Galdino Pedro, também teve neste mesmo período um diagnóstico de leucemia.

Publicidade

A vítima apresentou os primeiros sintomas da Covid-19 no dia 9 de março, após a mãe e avó testarem positivo. Dois dias depois, ela recebeu o resultado do exame apontando que também estava infectada. Em um curto intervalo, a menina já precisou ser internada no Hospital Santa Catarina, em Criciúma.

Na unidade hospitalar, Emanuelly foi submetida a uma bateria de exames, visto que ela apresentava manchas pelo corpo, olheiras e um quadro de sangramento no ouvido. Os médicos constataram que, além da infecção pela Covid-19, a criança estava com leucemia. 

Publicidade

Diante disso, ela foi transferida para o Hospital Infantil Joana Gusmão, localizado na capital Florianópolis, e referência no atendimento de pediatria. 

Publicidade

Como também estava com Covid-19, a mãe de Emanuelly foi liberada para acompanhar a filha, ficando em uma ala isolada do hospital. De acordo com a tia, Denise Galdino Rabelo, nos primeiros dias a criança estava lúcida. Mas devido às complicações da Covid-19, ela teve o seu quadro de saúde agravado em um pouco tempo. 

Publicidade

Ainda segundo a tia, Emanuelly estava com uma leucemia branda, tratável, e que seria necessário procedimentos de quimioterapia, mas após o tratamento teria uma vida normal. 

Desabafo

Na entrevista ao portal UOL, Denise Galdino comoveu ao externar o sentimento vivido pela perda da sobrinha tão jovem. 

“Sou mãe, tenho seis filhos, netos. Isso tudo é uma experiência que jamais nenhuma tia, uma família deveria passar com uma criança. Foi uma cena, um momento muito difícil para nós. Até o fim da minha vida, jamais eu vou fechar os olhos, sem lembrar [disso]”, disse ela, bastante emocionada. 

Publicidade
Publicidade