in

Bolsonaro vai gastar mais de R$ 9 milhões em publicidade na emissora que chama de ‘Globo lixo’

O governo Bolsonaro deve gastar um total de R$ 32,2 milhões em publicidades da vacina contra a Covid-19.

Reprodução/Facebook

Mesmo diante dos discursos do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) anti-vacina e anti-globo, o governo deve quadruplicar o investimento feito até então em publicidade na TV para promover a campanha de vacinação contra a Covid-19 nas próximas semanas. Diante disso, de acordo com informações divulgadas pela Secom, a Globo será a maior beneficiada com essa ação do governo Bolsonaro.

Publicidade

Isso porque, apenas no canal, que por diversas vezes foi chamado de “Globo lixo” pelo presidente Bolsonaro, serão investidos nada menos que R$ 9,8 milhões. Depois da emissora líder de audiência, a Record TV também se saíra bem com essa ação, já que deve embolsar um investimento de R$ 9,6 milhões. Em seguida, vem o SBT que receberá R$ 9,1 milhões de investimento, seguido da Band e RedeTV! Que devem lucrar de R$ 1,9 e R$ 1,5 milhão. Estimasse que o investimento total seja de R$ 32,2 milhões.

Vale lembrar que, mesmo por diversas vezes tendo criticado a destinação de verbas governamentais para emissoras de televisão brasileira, principalmente à Globo, o Governo Bolsonaro deve bater o recorde de investimento desde o início do mandato. Inclusive, vale lembrar ainda que apenas durante a divulgação do pacote anticrime, defendido pelo ex-ministro Sergio Moro, teve um custo de R$ 10 milhões em propagandas de televisão no ano de 2019.

Publicidade

Contudo, o embate de Bolsonaro não é somente com a emissora em si, isso porque William Bonner, âncora do “Jornal Nacional”, da Globo, também já se tornou manchete por diversas vezes por trocar farpas com o presidente.

Publicidade

Publicidade
Publicidade