in

Auxílio Emergencial: como consultar se terei direito ao benefício? Pagamentos começam na 1ª semana de abril

Programa terá quatro parcelas de pagamentos para os beneficiários; cotas variam de acordo com perfil.

Agência Brasil

O Auxílio Emergencial teve a sua volta oficializada na última semana, após envio da Medida Provisória (MP) para o Congresso Nacional. Com a retomada decretada, os brasileiros vivenciam a expectativa da divulgação do calendário de pagamentos e se terão direito às novas parcelas do programa.

Publicidade

Nesta nova fase, o Auxílio Emergencial contará com uma redução de mais de 22 milhões de beneficiários. Na PEC Emergencial definida, o governo poderá gastar até R$ 44 bilhões com o programa e, por isso, o benefício atenderá 46 milhões de brasileiros, que terá cifras menores nas cotas. 

Como saber se terei direito?

Os pagamentos do Auxílio Emergencial, conforme sinalizado pelo presidente Jair Bolsonaro, devem ser iniciados entre o dia 4 e 5 de abril, para inscritos via aplicativo, site e inscritos via CadÚnico. Os beneficiários do Bolsa Família só recebem a partir do dia 16 de abril. 

Publicidade

Acerca da divulgação da lista de aprovados para a nova fase de pagamentos só ficará disponível a partir do dia 1º de abril (próxima quinta-feira). 

Publicidade

Para verificar, basta acessar o Portal de Consultas, inserir nome completo, CPF, nome da mãe e data de nascimento, clicar em “Não sou um robô” e enviar o formulário. Na sequência, o portal te informará se você será ou não contemplado pela nova fase do programa.

Publicidade

Vale lembrar que apenas quem recebeu as cotas em 2020 poderá integrar o grupo de beneficiários do Auxílio Emergencial 2021. Mensalmente, o governo ainda fará uma espécie de “pente fino” para identificar irregularidades e pode remover pessoas contempladas, caso estas não cumpram os pré-requisitos estabelecidos. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade