in

Casal morre vítima da Covid-19 em intervalo de uma semana e deixa quatro filhos órfãos no Paraná

Caso comovente foi mencionado por deputado federal no Congresso Nacional nesta sexta (26).

Banda B

A pandemia do coronavírus tem devastado milhares de famílias brasileiras. Nas últimas semanas, os números de casos de infecção e óbitos têm batido recordes sucessivos, e o país já rompeu a barreira dos 300 mil mortes em decorrência de complicações da Covid-19.

Publicidade

Em Ponta Grossa, no Paraná, um caso comovente impactou os moradores do município. Marido e esposa perderam a luta contra a doença em um intervalo de pouco mais de uma semana de um para o outro.

Infectado com o coronavírus, o consultor de imóveis e empresário Thiago Weckerlin foi a primeira vítima, morrendo no domingo (14). Também diagnosticada com o vírus, a esposa dele, Nielle Weckerlin, teve sua morte confirmada nesta quinta-feira (25), notícia que deixou amigos e familiares desolados.

Publicidade

Residentes em Ponta Grossa, o casal deixou quatro filhos, todos eles menores de idade.

Publicidade

Desabafo

Através das redes sociais diversas pessoas lamentaram a morte do casal e prestaram solidariedade aos familiares e às crianças que ficaram órfãs.

Publicidade

“Infelizmente perdemos essa batalha. Oremos por essas 4 crianças, oremos pelos pais, irmãos da Nielle e do Thiago. Que a cidade de Ponta Grossa possa acolher essa família, dar todo suporte. Que o Senhor possa consolá-los”, disse Jonathan Nemer, um amigo do casal.

No Congresso Nacional, o deputado federal Aliel Machado Bark (PSB) utilizou do espaço na tribuna para homenagear o casal. 

Números

De acordo com o último boletim divulgado pela Prefeitura de Ponta Grossa, o município paranaense computa mais de 28 mil casos de infecção pelo coronavírus – destes, 18,2 mil já se recuperaram. O índice de mortes na cidade é de 600. 

Em termos de vacinação, pouco mais de 26 mil doses de imunizantes já foram aplicados na população. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade